Cartazes, Posters e Affiches (1)

May 26th, 2008 Paulo Pedott

Ainda no tema cartazes, agora gostaria de mostrar alguns cartazes de um tipo muito especial, os cartazes europeus de comércio de bebidas/alimentos.
Diretamente ligado aos avanços tecnológicos na área da reprodução impressa do final do sec. XIX, em função da Litogravura, os cartazes da indústria da alimentação na Europa, desde meados do século XIX até a segunda guerra mundial, são um magnífico exemplo de um estilo eclético que se poedria chamar de “supracromatismo”, pois utiliza, em suas composições de uma extrema saturação das cores empregadas, fazendo com que estas peças sejam facilmente identificadas, permitindo que nós encontremos reflexos deste estilo até meados da década de 1950.


França – 1893 – Firmin Bouisset – Chocolat Menier
Um dos primeiros cartazes a abandonar o estilo Art Nouveau vigente à época, apontando para um estilo mais moderno, embora bastante idealizado ou Provençal”

Estilisticamente, suas imagens se concentram ou em um estilo “realista” (ilustrações com formas realísticas porém com cores saturadas) ou Art-Dèco, com seus tipos pesados, forte perspectiva e degradês suaves.
Os artistas com destaque neste segmento da comunicação comercial, são Henry de Toulouse Lautrec (1864-1901), desencadeador do uso comercial da mídia cartaz e que, ao lado de seus cartazes de espetáculos de casas noturnas, também criou inúmeras peças para restaurantes, exposições e feiras. Leonetto Cappiello (1875-1942) e seu inconfundível estilo bem humorado e colorido. Leo Dupin (1898-1971)e suas figuras humanas estilizadas.
Henry Lemonnier, Firmin Bouisset, Jules Cheret (1836-1932), este último conhecido como “Maitre des Affiches” pela qualidade de sua obra.
Paralelo ao recorte de trabalhos de artistas conhecidos temos também uma vertente “popular” ou seja, trabalhos expressivos desta época realizados por autores desconhecidos e que, também fazendo parte deste estilo, não nos é possivel creditar.

França – Francis Bernard – Nicolas – c. 1935
Exemplo típico do estilo Art Dèco, com cores discretas e uma expressividade singular. A personagem parece ter apanhado uma garrafa no chão e se põe a admirar o objeto, ressaltando o conceito de “fines bouteilles”.

França – 1922/1930(?) – Stall J. / Colette(?)
Alegoria fantasiosa sobre qualidade do champagne, note-se o estilo
provençal, com grande contraste e relativa saturação cromática.

França (?) Noyer
Outra interessante alegoria muito semelhante ao quadro Dança de Henry Matisse. Infelizmente não pude apurar a data deste poster.

França – C. Gadoud – Camp Romain – c. 1926
Outro bom exemplo de estética Art-Dèco aplicada à um cartaz de bebida, embora a tipologia não seja característica do estilo.

Belgica – 1920 – John Onwy
Interessante transição do estilo provençal para um proto-estilo Art-Dèco, com um fundo muito escuro e uma imagem bastante saturada.

França (?) (?) (?)
Cartaz que eu não consegui identificar autor ou data, mas que representa bem o estilo provençal ou naturalista.

França (?) (?) (?)
Outro cartaz que eu não consegui identificar autor ou data, mas que também representa muito bem o estilo provençal ou naturalista.

França – Delval – Fap’Anis – 1930
Embora datado de 1930, este cartaz apresenta marcantes características do estilo provençal: Formas naturalistas e cores saturadas.

França (?) (?) (?)

Não consegui maiores informações sobre este cartaz, mas reparem como é semelhante ao cartaz dos Chocolates Menier… (seria a abreviatura CH. = chocolate?)

França (?) (?) (?)
Belo cartaz de bom-bons com cores delicadas, contraste adequado e composição equilibrada. Se imaginar-mos uma tipologia diferente, mas pesada, poderia ser considerado Art-Dèco, apesar da figura não ser estilizada.

França (?) (?) (?)
Cartaz que nos remete à mesma época/categoria dos Chocolates Menier e CH. Gervais, só que neste, a barra que destaca o nome do produto é utilizada como “chão” ou base para a figura.

França – 1921 – Leonetto Cappiello
Inconfundível obra de Cappiello, uma imagem = uma idéia, caricatura, Tipologia sem serifa.

Estados Unidos (?) (?) (?)
Reprodução de rótulo de “Fruit Box” Norte-americana, usualmente uma releitura mais simples (em detalhes) do estilo Provençal francês.

França – Leon Dupin – Rita – c1920
Bom exemplo de estilização Art-Dèco, além das cores serem características do estilo.

Bélgica (Gouweloos, Bruxelles) – Géo – Spa-Citron – (?)
Cartaz belga onde se encontra as principais características do estilo Provençal.

Se você gostou, compartilhe!

Deixe uma resposta