Yééss! Nós também temos nossos Zeppelins!

Construídos na região norte do Brasil na década de 1940 nossos Zeppelins foram a materialização da admiração de um empresário aos “Airships”:

“Os nossos dirigíveis foram, na verdade, criação da Viação Sul Americana, de propriedade do contador do Banco Ultramarino Clóvis Ferreira Jorge & sócios. E eram construídos na São Jorge de Ribamar Ltda., igualmente de sua propriedade. Tinham carroceria de madeira, ferro e flandres, pintados externamente na cor alumínio. O interior era em couro, alcochoado. Em vez de cobradores, eram tripulados por ‘aeromoças’. No início dos anos 60 foram vendidos para Manaus e São Luiz. Antes disso, porém, inspiraram ainda uma marchinha carnavalesca assinada pelo Prof. Clodomir Colino: ‘Mamãe eu quero, quero / andar de zepelim, / com tanta mulher boa / dando sopa, está pra mim’.”

A CIDADE TRANSITIVA de Armando Mendes

mar05

os_zepelins_001-1

Zeppelin Bus in Brazil, 1957 (4)

Zeppelin Bus in Brazil, 1957 (3) Zeppelin Bus in Brazil, 1957 (2) Zeppelin Bus in Brazil, 1957 (1)

Belém, 1950/1960 from Fragmentos de Belém on Vimeo.

(Entre 0:10′ e 0:11′ um ZeppBuss cruza a via principal, no vídeo)

Source:

https://carrosantigos.wordpress.com/tag/onibus-zeppelin-para-viacao-triunfo/

http://haroldobaleixe.blogspot.com.br/2008/12/jaime-bibas-colabora-com-o-blog-hb.html