O alfabeto hispster

http://www.thehipsteralphabet.com/

The Hipster Alphabet

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Garota hipster com uma bicicleta retrô e óculos

Hipster é um termo frequentemente usado para se referir a um grupo de pessoas pertencentes a um contexto social subcultural da classe média urbana. A cultura hipster faz parte da variedade de subculturas que coexiste com a cultura mainstream. No Brasil, a maior concentração de hipsters pertence a região sudeste, principalmente nos estados de São PauloMinas Gerais.

A cultura hipster é marcada pela música independente, saudosismo recorrente, uma variada sensibilidade para a tendêncianon-mainstream (não comum, não recorrente) e estilos de vida alternativos. Os interesses referentes à mídia por esse grupo incluem filmes independentes, revistas e websites notadamente relacionados à música alternativa.

A cultura hipster tem sido descrita como um “mutante caldeirão transatlântico de estilos, gostos e comportamentos”.1 Christian Lorentzen, do New York Times, argumenta que “O hipsterismo fetichiza a autenticidade”,2 elementos de “movimentos marginais da era beat pós-guerra (beat generation), o hippie e até o grunge“, inspira-se em “depósitos culturais de cada toda densidade étnica” e “regurgita tudo com uma peculiar e intrínseca inautenticidade.” Outros, como Arsel e Thompson, referem-se aos hipsters como o termo significante para uma mitologia cultural, a cristalização de um estereótipo massificado e mediado para entender, categorizar e “marketizar” o consumidor da cultura indie, mais que efetivamente um grupo de pessoas.3